Soluções para o desenvolvimento sustentável

Um dos principais desafios para a promoção do desenvolvimento sustentável é encontrar soluções práticas e viáveis. Neste contexto, o conhecimento das populações ribeirinhas da Amazônia é muito rico e precisa ser valorizado.

O caboclo amazônico e os índios têm muito a ensinar outras regiões sobre como conservar a floresta. Afinal de contas, as áreas ocupadas por estas populações tem um elevado índice de conservação florestal. As instituições da Amazônia também possuem um grande acúmulo de experiências com enorme valor para a promoção do desenvolvimento sustentável na região.

Uma recém iniciativa, denominada ‘Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia’ procura identificar e promover soluções desenvolvidas pelas instituições e moradores da região. A ideia é quebrar uma velha prática: importar soluções de fora da Amazônia. A proposta é fazer o oposto: mapear e disseminar soluções desenvolvidas pelas populações amazônicas e suas instituições de pesquisa, organizações não governamentais, empresas e instituições governamentais.

Existem soluções para a promoção do desenvolvimento sustentável, mas elas não são suficientemente conhecidas e divulgadas. Este é um problema global, não apenas da Amazônia. Temos agora a oportunidade de utilizar as mais modernas tecnologias de comunicação para conectar os desenvolvedores de soluções com aqueles que demandam este conhecimento prático.

Existem soluções para o manejo sustentável do pirarucu, a criação de tambaqui em cativeiro, a melhoria da educação, o atendimento à primeira infância, a geração de energia para comunidades isoladas, a agricultura com sistemas agroflorestais, etc. Fazer com que estas soluções sejam melhores conhecidas é um dos grandes desafios para promover um estilo de desenvolvimento capaz de melhorar a qualidade de vida e ao mesmo tempo promover a conservação da floresta.

As soluções desenvolvidas no Amazonas precisam ser compartilhadas com os estados vizinhos e com os demais países da Amazônia continental. Por outro lado, o Amazonas tem muito a aprender com as experiências dos demais estados e países da Amazônia.

Trocar experiências entre diferentes estados e países da Amazônia é algo que precisa ser estimulado. Esta é a missão da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia. Fazem parte desta rede instituições de pesquisa, empresas, organizações não governamentais e instituições governamentais dos oito países que compõem a Amazônia continental.

O objetivo da Rede é mapear as soluções e tecnologias mais exitosas e facilitar o acesso a informações técnicas sobre estas iniciativas. Esta é uma iniciativa do bem, que pode valorizar o conhecimento das populações e instituições amazônicas. O conhecimento aqui gerado pode também ser útil também para outras regiões do mundo que possuem florestas tropicais e desafios semelhantes aos nossos.

Artigo publicado no Jornal Diário do Amazonas, em 20 de março de 2014.

Anúncios

Vamos debater este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s